Fatos e Curiosidades

II CAMPEONATO AMADOR DO ESTADO  1962

BATEL VENCE NO CAMPO, MAS É DEROTADO NO TAPETÃO

Hoje contaremos em detalhes, como foi a excelente participação da equipe do Batel na disputa do II Campeonato Amador do Estado (atual Taça Paraná) no ano de 1962.

O Clube Atlético Batel, como Campeão Amador da cidade de Antonina no ano de 1961,  representou a cidade em tal disputa.

Os outros participantes foram: o Real, campeão de Curitiba, Ferroviário, de União da Vitória, Isal, de Irati, América, de Ponta Grossa, Grêmio Oeste, de Guarapuava, CAMA, de Monte Alegre, Clube Atlético Londrinense, de Londrina, Batel, de Antonina, Arsenal de Paranaguá, Ipiranga, da Palmeira e Bloco Esportivo Campo Comprido, de Curitiba, mas disputante da Liga de Campo Largo.

O campeonato era dividido em região da capital e do interior, sendo que o Batel fez excelente campanha chegando até a final da região do interior contra a equipe do CAMA (Clube Atlético Monte Alegre) da cidade de Monte Alegre (atual Telêmaco Borba).

1ºJogo

No dia 14/05/62 foi disputada a primeira partida em Antonina, e o Batel venceu pelo placar de 3×0. No 1ºTempo, o Batel já vencia pelo placar de 2×0, aproveitando-se ainda que a aquipe visitante havia perdido uma penalidade máxima. Na etapa complementar, o tricolor antoninense ampliou o placar e venceu a primeira partida da final.

2ºJogo

No dia 30/05/62, o CAMA recebeu a visita do Batel para a disputa do 2ºjogo da final e venceu no tempo regulamentar por 4×2. Os gols foram assinalados por: Otacílio (3) e Levi para o CAMA e Nilo e Osmair para o Batel.

Na prorrogação não houve tentos e na decisão por penais ganhou o Batel.

Na primeira série, 4×4, na 2º série, 3×3 e na 3ºsérie, Batel 3 x 1.

Escalações:

CAMA: Tutú; Pequeno e Calango; Hamilton, Chepa e Leví; Adir, Nilton, Otacílio, Quito e Babá.

BATEL: Pedro; Aniba, João Honório e Nenê; Vadinho e Macico; Miro, Jaíco, Osmair, Romário e Jamil (Nilo).

Juiz da Partida: José Ferreira dos Santos

BATEL É DERROTADO NO TAPETÃO

Contudo, o CAMA não foi eliminado porque os seus dirigentes protestaram quanto à fórmula adotada nas decisões por penalidades máximas, pois segundo o CAMA o juiz da partida contrariou o regulamento, mandando bater 3 penalidades na 2ºsérie, quando ao certo deveriam ser como fora na 1ºsérie 5 penalidades. Mandando ainda na 3ºsérie, serem cobradas 3 penalidades.

Dessa forma, os dirigentes do CAMA entraram com um recurso junto ao Tribunal de Justiça Desportiva, tendo ganho de causa no dia 24/06/62.

Houve possibilidade de uma terceira partida em campo neutro, mas como o Batel não concordou, o CAMA ficou para decidir o título do torneio contra o Real, vencdor da região da capital.

Na decisão, o CAMA disputou três partidas com o Real.

No primeiro jogo em Monte Alegre o time da casa venceu por dois a um, em Curitiba o Real fez três a um e por determinação do regulamento houve uma terceira partida. Esta foi disputada no Estádio Joaquim Américo e a equipe de Monte Alegre venceu bem por, 4 a 2, ficando com o título.

Abaixo, uma das fotos da equipe do Batel campeã em 1961, e base do time que disputou o II Campeonato Amador do Estado (atual Taça Paraná).

C.A. Batel 1961 04

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: