Especial 92 anos – A.A. 29 DE MAIO

Hoje começamos o Especial 92 anos da Associação Atlética 29 de Maio, que será comemorada no próximo dia 29, em que contaremos fatos, curiosidades, fotos, música, enfim, tudo que norteou a fundação de nosso clube no dia 29 de Maio de 1919.

CONTEXTO DA ÉPOCA – MAIO DE 1919

O futebol começou no país como uma forma de entretenimento das elites. Trazido pelos ingleses para o Brasil, era prioritariamente disputado em clubes fechados, onde apenas sócios tinham acesso. Aos poucos, foi ampliando o número de seus admiradores, mas a carência por ídolos e títulos freava o aumento de sua popularidade.

A competição de 1919 rendeu os ingredientes necessários para que os brasileiros o escolhessem como uma de suas principais paixões. Primeiro torneio de nível internacional realizado em solo brasileiro, abriu caminho para a democratização do esporte. O troféu de campeão conquistado sobre o poderoso Uruguai foi um prêmio também para o público, que demonstrou muita empolgação ao longo de todo o campeonato.

As origens da febre futebolística

Ampliar FotoReprodução/Arquivo

O uniforme utilizado pelo Brasil em 1919

Na segunda metade da década de 10 uma gripe fez grandes estragos no cotidiano da população. A chamada “febre espanhola” trouxe prejuízos também para o esporte. O calendário do futebol foi alterado em 1918, porque a situação era muito crítica. A terceira edição do Campeonato Sul-Americano, que já havia sido disputado em 1916 e 17, teve de ser adiada para 1919, quando o quadro era um pouco mais ameno.

O brasileiro em 19 convivia ainda com um ambiente político desfavorável, em um período conhecido como República Velha. Denúncias de corrupção, fraudes eleitorais e favorecimentos às classes mais ricas eram constantes. A população encontrou na seleção brasileira de futebol uma maneira de se sentir representada de forma democrática, principalmente porque os jogadores eram de diferentes classes sociais. Uma vitória daquele time simbolizava a vitória do povo. O jornal “A Rua”, na edição do dia 7 de maio, traduziu o sentimento que envolvia os preparativos da competição, responsável pelo “esquecimento” da gripe espanhola.

“Antes do campeonato, o football aqui já era uma doença: agora é uma grande epidemia, a coqueluche da cidade, de que ninguém escapa”.

Fonte: http://globoesporte.globo.com/Esportes/Noticias/Memoria

(Trechos da reportagem do dia 29/05/1919)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: