Fatos e Curiosidades – Arthur Friedenreich

Arthur Friedenreich

Ampliar FotoReprodução/Arquivo

Friedenreich foi o autor do gol sobre o Uruguai na decisão do Campeonato Sul-Americano de 1919

O dia 29 de maio de 1919 foi muito especial para os brasileiros. O universo parecia conspirar para que o país vivesse dois momentos históricos. Em Sobral, no Ceará, uma equipe de pesquisadores observava o eclipse total do sol e conseguia reunir material suficiente para comprovar a teoria da relatividade de Einstein, gênio do campo científico. No Rio de Janeiro, após 150 minutos de muita persistência, a seleção brasileira de futebol conquistava o seu primeiro grande título graças a um gênio dos gramados: Arthur Friedenreich.

O troféu do Campeonato Sul-Americano deu ao Brasil um status diferente no esporte, principalmente porque a hegemonia do Uruguai foi desafiada com sucesso pela primeira vez. Em um exemplo de espírito esportivo, os uruguaios homenagearam o seu algoz naquela derrota por 1 a 0 com uma placa, chamando-o de “El Tigre”.

O apelido acompanharia toda a carreira de Friedenreich. Serviria também de título para o livro do escritor Alexandre da Costa. O jornalista lançou em 1999 a obra “O Tigre do Futebol”, biografia sobre o jogador. Em entrevista ao GLOBOESPORTE.COM, Alexandre falou sobre a importância do título e do craque para o futebol brasileiro.

GLOBOESPORTE.COM: Friedenreich pode ser considerado o primeiro grande ídolo do futebol brasileiro?

Alexandre da Costa: Eu falo sem pensar duas vezes. Diante da fraca cobertura jornalística da época, mesmo assim, Fried era sempre lembrado, sempre exaltado. Era impressionante. Houve outros jogadores antes dele como Rubens Salles, Charles Miller, mas tão espetacular quanto Friedenreich com certeza não. Ele foi o primeiro gênio dos nossos campos e ponto final.

Qual foi exatamente a importância dele para o título de 1919?

– O Brasil de 1919 era um timaço. Fried era um dos craques ao lado, por exemplo, do corintiano Neco. Fried, no entanto, comandava. Ele foi tão impressionante que os uruguaios o homenagearam com uma placa chamando-o de El Tigre (apelido que o acompanhou pelo resto de sua carreira).

Ampliar FotoDivulgação/Divulgação

Capa do livro lançado em 1999 pela editora DBA

Qual o impacto do jogador e do título para o povo brasileiro?

– Ao terminar o jogo em 1919, o torcedor brasileiro pela primeira vez na história foi para as ruas comemorar. Jornais que não publicavam fotos na capa fizeram questão de fazer uma do pé esquerdo de Fried (o pé do gol) e estampar na sua primeira página. O Brasil com esse título deixou de ser o patinho feio do continente, sempre atrás de argentinos e uruguaios. Fried foi o grande líder dessa mudança de status.

De onde surgiu a motivação para escrever o livro?

– Desde moleque, sempre gostei de futebol. Colecionava revistas, álbuns de figurinhas, assistia e lia tudo sobre futebol. Friedenreich surgiu como uma espécie de lenda num almanaque que ganhei da Copa de 1982. Eu tinha sete anos e via os feitos daquele cara e não acreditava que fosse real. Quando virei jornalista, o tema ressurgiu e corri atrás dessa história.

Mesmo com a escassez de fontes, ficou satisfeito com o resultado das pesquisas?

– Quando lancei o livro, tinha 24 anos. Foi muito importante para a minha carreira. Comecei a pesquisa para o livro no final de 1997. Foram 18 árduos meses de pesquisas. Como é de praxe, memória no Brasil nunca foi levada a sério e claro que isso afetou meu trabalho. Afinal estou falando de um jogador que teve seus melhores momentos entre 1910 e 1935. Durante minha pesquisa, não havia ninguém vivo que convivera com ele. O processo então se deu a partir dos mitos sobre ele, além de uma pesquisa diária jogo a jogo nos jornais da época.

Fonte: http://globoesporte.globo.com/Esportes/Noticias/Memoria

(Trechos da reportagem do dia 29/05/1919)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: